E o País do Absurdo emplaca mais uma...
Aloha, passando rapidamente só pra comentar um fato q me deixou, aliás, deve ter deixado o país inteiro com um nó na garganta: O desfecho trágico do sequestro da adolescente Eloá.
Mas, ao invés de ficar aqui teorizando sobre o q deve ter motivado o ex-namorado a fazer uma barbaridade dessas (e nem eu acho interessante ficar fazendo julgamentos conhecendo os dois assim como o país conheceu), pretendo comentar sobre algo q eu vi buscando informações sobre o fato e q me deixou num misto de revolta e perplexidade: O Papel da mídia durante o sequestro. E vou falar mais especificamente sobre o q fez uma apresentadora q eu abomino a um certo tempo e q agora conseguiu despertar além da minha completa falta de simpatia, o mais puro nojo. Estou falando de Sônia Abrão que na busca desesperada pela audiência (aliás um fênomeno q tem levado a tv brasileira ao descambar sem freio ladeira abaixo) entrevistou ao vivo, pelo telefone, o sequestrador. Na hora q eu vi isso, o primeiro pensamento foi "Como assim ao vivo? Eu não acredito q ela colocou o cara como atração daquele programa imundo dela, como se tivesse tratando de um bronzeamento artificial de modelo-atriz-oportunista". E acreditem foi mais ou menos isso q ela fez, pois segundo todas as fontes q eu chequei e o vídeo q eu vi do programa, após exibir uma entrevista, através de um daqueles competentissimos e bem preparados do repórter do programa, ela resolveu ligar de novo pro rapaz q mantinha a namorada em cativeiro pra saber se ele queria falar mais alguma coisa. E ele tinha. A partir daí, o q aconteceu me soou tão surreal q eu vou escrever em letras garrafais (quem sabe assim ao final desse post sua revolta seja tão grande qto a minha e lhe ajude, assim como eu fiz, a denunciar o programa desse urubu ao Ministério Público) ELA CHEGOU, DENTRE OUTRAS COISAS, A NEGOCIAR COM O SEQUESTRADOR, APOIÁ-LO E (Se for realmente verdade, pois, eu não cheguei a ver nenhum vídeo do momento, a parte mais absurda) ACONSELHAR QUE ELE DEVERIA ALEGAR CRIME PASSIONAL, POIS A PENA SERIA MENOR.
Ok, eu acho q se o texto parar por aqui já fica mais do q suficiente qq informação ou interpretação da mensagem q eu quero passar com esse post.
Então termino o texto fazendo um pedido à vc como cidadão. Repudie esse tipo de atitude dessa leva de apresentadores absurdos e q estão perdendo a noção na busca pela audiência. Denuncie a atitude irresponsável (e sebosa) de Sônia Abrão ao Ministério Público de SP, através do email: comunicacao@mp.sp.gov.br
E ainda no site "Ética na Tv" q regula os abusos praticados em determinados programas ou emissoras. (e ao qual o programa de Sônia Urubu Abrão está como quinto colocado no raking de denúncias, com 29 denúncias fudamentadas por exibir cenas de desrespeito à pessoa e nudez.) O site é: http://www.eticanatv.org.br/
Caso vc se interesse em ir mais além, você pode lotar a caixa de emails do programa com mensagens de repudio através do endereço: atardeesua@redetv.com.br
O importante é q não deixemos passar mais uma situação revoltante e vergonhosa num país q tá tornando a passividade frente ao inaceitável resposta comum para os seus problemas.
Bjos a todos e Aguardem novas instruções.

PS- Pra complementar vou colocar aqui o vídeo da entrevista q o "REPÓRTER" do programa A Tarde é Sua fez, COM EXCLUSIVIDADE, com Lindemberg DURANTE O SEQUESTRO.


Não sei o q é pior, se é a tentativa do repórter de parecer apaziguador (e imaginar q por dentro ele devia estar dando pulos de alegria pelo furo de reportagem), ou a opinião infeliz e desnecessária de um dos convidados da Sônia, após a entrevista, de dizer q era um "otimista" e q acreditava q tudo ia terminar em pizza, e insinuando um futuro casamento entre o Lindemberg e Eloá.
Ficaadica
Aloha,
Passando rapidamente só para lembrar q dia 05 de Outubro está chegando e eu vou fazer uma coisa q queria aproveitar e deixar a dica pra quem passa por aqui tb. Seguinte, temos q contratar uns funcionários e tals para manter a organização da nossa cidade e daí q eu queria dizer q o meu critério de seleção está sendo justamente não contratar "alguns velhos amigos" (Essa amizade deles não tá me cheirado bem, pois só vejo eles de quatro em quatro anos. Não há amizade q resista a tanta distância e saudade, né? Desculpa amigos, mas dessa vez quero alguém mais presente.), gente amorosa demais q anda por aí beijando e abraçando todo mundo na rua (Fidelidade e exclusividade de vez em qdo é bom. E outra, beijar muitos desconhecidos pode gerar contaminação cruzada, sei lá... Se um dia a nossa amizade ganha cor? como ficaria com essa promiscuidade toda?) e gente q calunía e difama os outros (Oi? onde está a página da ética e caráter no seu manual de "Como ser um bom amigo?").
Estou dessa vez analisando o curriculo de todos os candidatos direitinho. Vendo quem pode no futuro vir a ser um bom empregado, buscando dessa vez funcionários que demonstrem um pouco mais de seriedade e compromisso, pois como todos sabem "intimidade excessiva só gera filho ou confusão", e eu acho q foi justamente pq eu e todo mundo só contratamos "amigos" em outras ocasiões q chegamos aonde chegamos. Fica a dica.
Bjos a todos e Aguardem novas instruções.
Uma rápida lição...
Aloha,
Vou pular a parte q eu comento sobre a minha ausência e falar logo o q eu quero.
A dias eu tô pra contar sobre algumas lições q eu tive da D. Vida, essa senhora implacável e bondosa ao mesmo tempo. Estava eu outro dia num ônibus voltando pra casa. Sabe aqueles dias pão com ovo? Pois eu estava num deles. Ah, antes preciso revelar uma coisa. Eu sou muito anti-social ou publicamente egoísta (não sei como chamar). Toda vez q eu entro num ônibus, por exemplo, eu tento ao máximo evitar contato com o mundo ao redor e por isso eu tento sentar no banco da janela, pelo menos eu vou olhando pra fora do ônibus e completamente isolado no meu mundo com os meus pensamentos. Qdo acho uma daquelas cadeiras isoladas então, atinjo o nirvana.
Mas, voltando à história... Estava eu no meu mundinho qdo sobe um rapaz, passa a roleta e chega no banco q eu estou e pára.(mesmo estando virado pra janela, pude perceber a chegada dele) Na hora pensei "O q será q esse chato quer, parado aí? Tomara q n seja assalto, bêbado ou venha puxar assunto.) Daí percebi ele medindo o espaço entre um banco e outro e só então pude percerber q ele era cego. (Ok, na hora me senti arrependido por ter pensado mal dele.) Ele sentou. Percebi q ele estava sozinho. Achei estranho, pois é comum ver essas pessoas com algum acompanhante em ônibus, ou pelo menos ele senta perto do cobrador e pede ajuda pra não passar da parada q ele vá descer.
Qdo eu percebi, estava super preocupado pensando q o cara estava só e qdo entrou não falou com o cobrador (inclusive estava sentado meio distante dele), ou seja, como ele saberia qdo chegasse o ponto q ele desceria. Aquilo foi me afligindo de uma forma indescritível. De vez em qdo olhava para o lado e percebia nele uma tranquilidade singular. (Acho q a preocupação dele estava toda concentrada em mim.) E aquela questão me tomou de tal forma q eu já não me concentrava em mais nada. Qdo já estava perto de casa, foi q eu comecei a pensar em outra coisa. Estava chegando a minha parada, devia me ligar de volta no mundo q me cerca pra não passar direto (Como eu pensava q pudesse acontecer com o rapaz ao meu lado). Eis q nesse momento me ligo na paisagem q eu estava "olhando" enquanto pensava no problema e pude ver o lindo pôr-do-sol q os meus olhos me permitiam, mas q eu não dei importância durante todo o trajeto.
Ao descer, pude perceber q tinha recebido uma lição importante: Muitas vezes nos prendemos a pequenos detalhes e em cima deles criamos problemas q nos tomam e pra nós parecem longe de uma solução e esquecemos de observar a simplicidade e beleza que nos é oferecido por um grande conjunto de coisas. Pensem nisso.
Bjos a todos e aguardem novas instruções.
Aloha,
Olha eu não sou muito de acreditar em qualquer coisa não, mas de uns dias pra cá eu admito q tenho levado a sério certas coisas publicadas num site chamado "Personare". Esse site é uma espécie de bruxo virtual que oferece previsões astrológicas e tudo começou com uma amiga q falou pra um amigo sobre ele e q falou pra outro q falou pra outro até... Lá está um dia PH fornecendo dados para ver qualéra a do tal site. Tenho q admitir q até agora, poucas foram as vezes q ele só faltou publicar os nomes dos envolvidos nas previsões q ele oferecia sobre a minha vida. O bicho vai bater em cima do causo mesmo. Separei então três (trechos de...)previsões pra vcs verem como a coisa funciona:

Dia desses eu andava meio down. Até coloquei no Fotolog (http://www.fotolog.com/muitodesligado/60575156) pois lá termino falando das coisas mais em "tempo real". Daí q um dia eu acordei e o sol começou a brilhar novamente e os passarinhos voltaram a cantar na minha janela. Aí um dia tava checando o meu email e vejo a seguinte previsão do Personare: "É curioso observar, Paulo, como muitas vezes passamos dias, às vezes até meses e anos mergulhados numa chateação ou ressentimento. Remoemos aquilo, até que de repente - bum! - a coisa passa. Em geral, são nos ciclos positivos de Marte com a Lua que a pessoa simplesmente "espana a poeira" e se livra de emoções chatas que não lhe servem mais. E este momento, para você, é agora! "

Numa outra feita recebo a seguinte previsão: "Paulo. Vênus em trânsito pela quinta casa astrológica sugere um período de festividades, de lazer, de romances e de sexo. É claro que não é apenas uma questão de se sentar e ficar esperando que tudo isso venha até você, e sim de aproveitar a maré do momento, que estará predispondo você a situações de prazer e de deleite. Afinal de contas, a energia amorosa está colorida e Vênus na Casa 5 favorece as situações românticas."
E eu devo admitir q estou bem satisfeito de uns dias pra cá, pois ando percebendo q tenho chamado um pouco de atenção em alguns lugares q eu vou. Justamente qdo estava me contestando se realmente eu sou tão desinteressante. Pois estava passando por um período de seca severina na minha hortinha. Vou tentar inclusive aproveitar as nuvens cinzas q estão surgindo...

Mas como nem tudo no reino bruxo do Personare dá certo, vamos à previsão q eu recebi hj:
"procure se recolher um pouco mais, Paulo, pois a Lua, justamente na Casa 12, aumenta o potencial de introspecção do Sol, que transita pela Casa 4. A fase é excelente para retiros, meditações, mergulhos de alma. Que tal ficar sem ver ninguém por estes dias?" Oi? Como eu faço isso mesmo, frente a qtde enorme de trabalho q eu tenho? Como fica a faculdade (em pleno final de período) nisso tudo?

"...a Lua na Casa 12 favorece muito as idas ao cinema, de preferência só, exercitando assim a sua capacidade de preservar sua individualidade." Essa lua tá danada de advinhona, pois eu tava mesmo pensando em ver Batman e ainda por cima só, pois geralmente é como eu costumo ir ao cinema. Aliás fazer sozinho determinados programas q geralmente pedem uma companhia é super normal pra mim. Não ligo de sair sozinho pra jantar ou ir a um show, por exemplo.

"Este pode ser um período particularmente notável para você trabalhar mais a sua espiritualidade e a sua capacidade de doação. Que tal se voluntariar em prol de alguma causa nobre e altruística?" Oi? Lua, Sol e outros astros regentes responsáveis pelo setor de previsões do Personare, vcs poderiam ler o post anterior e deixar um comentário sobre a previsão acima?


Bjos a todos e Aguardem novas instruções.
...bado
Aloha,
E finalmente eu voltei para terminar o post anterior... Na verdade, teve muita informação mesmo rodando pela minha cabeça. Vou começar então pela notícia mais recente e mais fresquinha.
Hj eu tava vendo uma coisa e pensando: Deve ser muito complicado vc ficar famoso de uma hora para a outra por algum deslize. Estava ontem pensando se isso me acontecesse q possível reação eu teria, aí hj eu tava conversando com uma amiga e ela tava contando dum caso q aconteceu ontem com uma menina no Orkut ao qual ela (creio q, apesar do conteúdo da mensagem, fez por ingenuidade) contou algo bastante intimo pra uma amiga por depoimento e a menina aceitou o depoimento e meio mundo leu. Hj já tinha até comunidade falando sobre a situação vexaminosa. Fiquei pensando o q essa menina teria q fazer pra contornar o q ela teria q ser submetida, até cair no esquecimento do jugo popular, por esse tropeço. E o pior ter q enfrentar tudo isso numa idade de plena formação, naquele período em q muita coisa pode virar trauma e futuras sessões de análise.

Aí imaginando isso, lembrei q eu tava reparando algo em mim mesmo, q tem me irritado um pouco. (Eu detesto admitir ou chegar a certas conclusões e contar para alguém, por medo de soar pretensioso, mas...) Eu sou muito altruísta. Não q ser altruísta seja defeito, mas beirar ao excesso é, e muito. E eu não me refiro à velha máxima de "Tudo q é demais, é veneno" e sim a uma teoria q eu comecei a desenvolver só por meio de observações ao mundo q me cerca. Numa sociedade onde a cada dia a cultura do "selfish" tem ganhado mais força, descobrir que vc é altruísta é, no mínimo, desesperador. É como ter uma doença grave de cura difícil, afinal, a quem vc vai aplicar seus princípios de doação e assistência se a cada dia as pessoas pouco ou nunca precisam/ dão importância/ se preocupam com o próximo? O q me dá mais raiva são os sintomas decorrentes desse mal, ou seja, a incapacidade q só vc tem de querer contribuir menos com o bem estar alheio, assim como fazem com vc o tempo todo. Alguém sabe onde posso me tratar?

Falando em se tratar, alguém já teve a neura de pensar q na próxima consulta médica q vc tiver, o doutor vai lhe anunciar uma doença muito grave?
Eu tenho essa impressão a cada dor q eu sinto atualmente. Penso q qdo for ao médico, ele vai me dizer q eu tô pra lá de doente e q as coisas serão muito complicadas de resolver... Daí, passo horas viajando como eu agiria ou reagiria nessa situação.

Engraçado é perceber q eu passo muito tempo pensando em bobagens e divagações e me dedico a buscar soluções, fazer avaliações etc e tal, com uma vida tão cheia de atividades e informações como a minha vida atual.

Bjos a todos e aguardem novas instruções.


PS- Ok, vai parecer contraditório com o q eu falei no texto acima, mas, outro dia vi esse vídeo e passei mal de rir. Não foi tanto pelos "probleminhas" da protagonista do vídeo. Afinal eu tb já fui um até o começo da adolescência e as vezes qdo estou nervoso eu fico um pouco desse jeito e portanto entendo bem o problema dela. Mas o motivo maior da dor de cabeça de tanto rir foi a edição criativa do autor do vídeo. Eu estou falando de "Solange, a gaga de Ilhéus":
Inaca...
Aloha,
Depois de um longo tempo sem postar, cá estou. Na verdade, passei tanto tempo chocado com o fanatismo das discípulas de INRI Cristo q fiquei travado mentalmente. Brincadeira. Estava reparando o mundo q me cerca e tentando digerir tamanha quantidade de informação. Aliás, outro dia estava pensando nisso, todo dia somos expostos a tanta informação. É tanta coisa q a gente tem q ver, ler, ouvir... Talvez, seja por isso q estamos cada vez com dificuldades de memória consideráveis. Eu lembro q qdo eu estudei Psicologia na escola, aprendi q o cérebro precisa de estimulos durante determinadas situações da nossa vida para associar a um certo acontecimento e assim registrar na memória. E q se n fosse isso poderíamos lembrar de toda a nossa vida desde o nascimento. Porém, seria bem provável q tivéssemos problemas de saúde devido a qtde excessiva de informações (e se considerarmos a nossa estrutura intelectual comum) ou seriamos seres mais avançados (se isso fosse realmente estimulado, afinal usamos, normalmente, uma parte ínfima do nosso cérebro). Então outro dia estava matutando como o cérebro tem feito isso atualmente? Pois, parem para observar qta coisa vc é submetido por dia por tudo q lhe cerca. Agora imagine selecionar apenas o q é mais importante (de forma autônoma, afinal o cérebro n tem um chefe q lhe diga o q é aproveitável ou n. E se vc acha q isso é feito por vc, engana-se. Vc tem uma pequena parcela do controle do processo. Se não me engano, é feito de forma autônoma pelo seu subconsciente q sabe extamente o q vc vai precisar ou não. O "lixo" disso tudo é organizado então de forma ordenada pra ser descartado, e é feito na forma de sonhos.) e registrar na memória?
Pensem Nisso...
Bjos a todos e Aguardem novas instruções.

PS- Eu volto pra escrever mais... Esse post ficou com cara de inacabado pq sentei pra escrever com intuito de falar sobre um monte de coisas, mas meu tempo agora acabou. Tenho q ir pra aula. Mas eu volto...
This is Brazil...
Aloha...
Então, estava eu de bobeira olhando umas coisas na net (mais exatamente vendo alguns endereços linkados no blog.) e vi dois vídeos q chamaram a minha atenção. O primeiro é de umas "discípulas" do Inri Cristo (pra quem AINDA não sabe quem ele é: Um senhor q se acha a nova encarnação de Cristo... no comments.) cantando mais uma versão mística de algum grande hit mundial. (A "versão mística" mais famosa é de Umbrella da Rihanna e foi divulgada amplamente por sites como o "Kibe Loco" e "Te dou um dado?". Link ali ao lado.) Como eu já disse antes aqui no blog, EU AMO COISA OU GENTE TOSCA. Porém, o q me chama atenção em Alibera e Asusana (só os nomes já merecem uma menção honrosa no meu roll de "coisas toscas q amo".) é até aonde a falta de equilíbrio mental pode levar alguém. Eu sou tão chocado com o life style da galera q vive na comunidade em tributo a Inri, q se eu descubro algum vídeo de "versões místicas" de canções eu termino vendo n somente pela tosquice garantida, mas pela surrealidade comportamental q essa gente imprime a situação.
Maaaas, vamos ao primeiro vídeo do post de hj. Com vcs: Asusana e Alibera em QUEM É ELE?




Bom, o segundo vídeo não terá muitos comentários. Afinal ele dispensa qq um pela seguinte questão. Essa é uma sessão da Assembléia Legislativa do RJ, presidida pelo deputado Coronel Jairo. E pelo q eu entendi, essa é uma votação de algumas leis estaduais do RJ. Mas pelo tom dado a coisa toda pelo Coronel Jairo, a tal sessão lembra qq coisa (tanto pela forma "clara" q ele lê os textos e "abre espaço" para possíveis discussões, qto pela imparcialidade com que ele conduz as votações.), menos uma sessão séria numa assembléia legislativa de um estado importante como o RJ. Como bem disse Antonio Tabet (criador do Kibe Loco): "Fala a verdade... dá um orgulho danado de ser brasileiro, né não?"




Bjos a todos e Aguardem novas instruções.
O que é Arte?
Estava outro dia me fazendo essa pergunta: O que é Arte? E eu lembro que esse questionamento assistindo aquela cena do filme “Beleza Americana”, onde um carinha filma um saco voando num redemoinho. No texto do filme ele diz que foi “a coisa mais linda que ele já viu na vida dele”, o que pra mim foi mais surpreendente é que algumas pessoas que eu conheço também disseram a mesma coisa. Pra começar (eu não sei se não tenho muita sensibilidade para essas “minúcias da vida”), mas, desde quando um saco vazio voando num pequeno redemoinho é a coisa mais linda que alguém tenha visto na vida? O que será tanto que os olhos dessa pessoa tiveram oportunidade de ver, para achar um saco voando tão bonito? Uma pessoa que declara uma coisa dessas teve infância? Porque, tipo se você foi criado no subúrbio (assim como eu), devido ao serviço de limpeza pública, ou até mesmo a má educação das pessoas, unido a algumas forças da natureza, já lhe permitiram ver essa cena algumas vezes. Claro que certas coisas vista com certo olhar, ganham poesia, beleza e tals, mas será mesmo que sacos voando podem ser tão poéticos assim?
Faço essa pequena introdução para falar de algumas coisas que eu tenho visto por aí e que, como aluno de um curso de Artes, são considerado verdadeiras obras de arte. E que até mesmo por falta de sensibilidade (ou um pouco de senso lógico) eu não veja com os mesmos olhos de uma grande maioria. Lembro, que numa aula de arte e estética estávamos analisando obras de alguns escultores, se não me engano e algumas eram coisas incompreensíveis com nomes simples ou coisas prosaicas com um nome extremamente rebuscado. E a partir daí surgiu uma discussão na sala sobre essa questão que dá titulo a esse texto e citaram o famoso caso de um artista chamado Duchamps (acho que é assim que escreve o nome dele) e uma obra de arte revolucionária. O caso era que um dia ele expôs numa galeria de arte uma privada virada de cabeça pra baixo. Deu um nome para isso (acho até que era um nome simples... eu realmente não sou muito bom com nomes) e denominou como sua obra de arte.
Na hora, eu me perguntei por que uma privada virada pode ser considerada obra de arte? Levando isso como parâmetro, uma casa em obras ou uma loja de material de construção podem ser então consideradas galerias de arte? (Afinal, lá as privadas muitas vezes esperam pela compra ou instalação na mesma posição.) ou será que uma privada virada de cabeça pra baixo vira obra de arte e fica convencionada como obra de arte dependendo do local onde ela esteja?
Mas ultimamente essa pergunta se tornou mais latente em mim, após ver uma coisa, na minha singela opinião, bizarra e que foi considerada também uma obra de arte. Um cara cortou a cabeça de um cachorro, foi até um hospital (ou espero que o local que ele realizou essa experiência tenha sido pelo menos numa clinica, afinal, seja bizarro, mas seja limpinho.) mandou cortar a área ao redor dos olhos do cachorro, o focinho e (se eu não estou enganado, admito que não tive coragem, e estômago, de ver tais cenas com bastante atenção ou mais de uma vez.) as orelhas do cachorro e mandou implantar nele. Eu sei, é surpreendente, chocante e surreal, mas é verdade. Particularmente, eu achei que ele ficou ridículo, mas na verdade o meu principal comentário sobre isso é: por quê?
Porque uma pessoa pega um cachorro faz uma coisa dessa e convenciona como obra de arte? Porque outras pessoas acreditam nesse tipo de convenção? Mesmo ouvindo muitas vezes que a arte não tem limite (afinal, a criatividade não deve ter limites e blá, blá, blá...), mas certas coisas, mesmo ilimitadas, não têm um limite?
Essa não é a primeira vez que tenha ouvido falar de “obras” desse tipo. Há alguns anos eu soube de um cara que fatiou alguns animais e colocou em exposição numa galeria alemã. Numa outra feita, expuseram noutra galeria, durante uma bienal, um liquidificador com água e alguns peixinhos dourados dentro e numa dada altura da exposição o “artista” foi lá e ligou o liquidificador. O resultado foi um “suco” de cor vermelha. Ou seja, que linha é essa que divide algo que pra muitos é considerado crueldade, crime contra a vida e mais um monte de blá, blá, blá, da boa e velha arte? Seguindo essa linha de raciocínio, acho que eu vou acreditar que Hitler, além de um grande contribuinte para o desenvolvimento da medicina, foi um artista nato e revolucionário. Pois não sei se é conhecido de muita gente que ele fazia muitas experiências bizarras e cruéis, pegando, por exemplo, animais tirando o olho deles e mandando implantar em humanos no lugar do olho que ele naturalmente tinha. Opa! Sentiram alguma semelhança com alguma obra artística anteriormente aqui citada?

Bjos a todos e aguardem novas instruções.
Eu me rendi...
Aloha,
Pois bem, estou atualizando só para contar q finalmente eu me rendi. Se vc olhar o primeiro link aí do lado vai entender do q eu tô falando...
Espero apenas q todos continuem a passar por aqui. Até pq o conteúdo vai ser completamente diferente, os temas serão diferentes, mas uma coisa continua igual: O prazer de expor meus pensamentos (mesmo q muitos não estejam interessados) de uma forma clara e direta.
Bom, é isso.
Bjos a todos e Aguardem novas instruções.

PS- Não sei pq, mas a dias eu tô com vontade de escrever essa frase aqui no blog: "No fim tudo dá certo... Se não deu certo é pq não chegou ao fim". Se vc acha q foi pra vc, por favor, me fala.


PS 2- Leia esse post ouvindo, Going On do Gnarls Barkley
Vale a pena ver de novo: Maldição!

Aloha,

Corre por aí uma maldição entre fotologs, onde  o almadiçoado deve" colocar uma foto de uma banda ou cantor(a) que mais combine com você/- Responder SOMENTE com nomes das músicas do escolhido(a)/- Escolher 7 pessoas para que façam o teste, sem esquecer de avisá-los no teu fotolog…". Como muito enxerido q sou resolvi, participar da tal brincadeira [e tb "amaldiçoado" por Jussy (quer saber quais foram as respostas dela? clica no link aí ao lado.)] e aproveitar tentar inaugurar uma nova fase aqui no blog. Colocar (sempre q der, q fique bem claro) alguma imagem, pois muita gente reclama q eu n tenho fotolog (e preciso confessar q n sinto muita vontade de começar um...) e q deveria ter um, publicar as minhas fotos e as fotos minhas (Não são a mesma coisa, acreditem...) e tal. Mas é q eu gosto tanto do meu bloguinho, da Uol, desse espaço. Já virou um filho. E não sei, mas se eu criar um fotolog, aqui vai virar passado... Sinceramente, não sei se estou pronto pra deixar o "meio desligado" pra trás (apesar de q, já senti muita vontade em outros tempos). Mas isso eu explico melhor em outro post...

Vamos a brincadeira:

Bom, eu escolhi o Jay Vaquer. Jay, quem??? É um cantor de pop alternativo q eu adoro. O cara tem letras incríveis (e bastante inteligente, pra quem acha q pop só tem porcaria) e músicas muito bacanas. Teo disse q só eu o conheço, mas não é verdade (Vide a comu dele no Orkut). Se vc quiser tb conhecê-lo, visite www.jayvaquer.com.br , é o site dele (dã... Jura?) e enquanto vc navega e conhece sobre a carreira do cara, pode ouvir as músicas q ficam tocando assim q vc entra. Eu agarântio! (Daí vc aproveita e vê as letras das músicas q eu vou citar e entender as respostas)

1. Você é homem ou mulher?
Idade se eu quiser

2. Descreva-se:
Você não me conhece/ Por nada e por ninguém (Estou muito na dúvida entre as duas...)


3. O que as pessoas acham de você?
Breve conto de um velho babão


4. Como descreveria seu último relacionamento amoroso?
Fomos

5. Descreva sua atual relação com seu namorado(a) ou pretendente:
Nera


6. Onde queria estar agora?
Por um pouco de paz

7. O que pensa a respeito do amor?
Pode Agradecer (Relationshit)

8. Como é sua vida?
Paredes

9. O que pediria se pudesse ter apenas um desejo?
Preciso poder

10. Escreva uma frase sábia:
Todos os fracos (Ode aos fortes)

Bjos a todos e Aguardem novas instruções

PS - Muitos links foram atualizados. Coloquei todos os sites q tenho visto muito ultimamente. (e modéstia a parte, todos são ótimos) Confiram!

PS2 (a missão) - E pra quem ainda não conhece... 

Jay Vaquer
 

Vou aproveitar e colocar tb o clipe da música "Cotidiano de um casal Feliz" (que eu adoro) pra vcs verem qualé a dele...

O próximo apareceu...
Aloha, Finalmente o próximo assunto que iria e irá dominar os noticiários apareceu...
E como verdadeiros viciados em desgraça alheia q somos, nós brasileiros, já estamos nos deliciando com o momento delicado alheio.
Imagino q vcs já saibam q eu estou falando do Ronaldo Fenômeno. Vcs já sentiram vergonha por alguém? Se isso nunca aconteceu com vc, agora é a hora certa, basta q vc acompanhe algum noticiário ou site de noticias pelo menos uma vez e aceite o convite deles e dê uma rápida chafurdada no lamaçal q o travesti Andréia e eles criaram.
Eu não sei o q é pior nessa história: A (sugerida) tentativa de extorsão do travesti, O crédito dado a toda essa história, a capacidade (e versatilidade) que as pessoas têm em transformar qualquer assunto em algo de suma importância q mereça debates em todos os meios (vide q semana passada falávamos do assassinato à sangue frio de uma menina de cinco anos, praticado pelo próprio pai e hoje discutimos sobre as intimidades sexuais de um ídolo do futebol... mais elíptico impossivel.) ou mais uma vez a tentativa desastrosa de se explicar no Fantástico.
Mas num mundo onde um homem mantém presa, por 24 anos no porão de casa, a própria filha e tem sete filhos com ela, muita coisa se torna compreensível e justificável.
Bjos a todos e Aguardem novas instruções.

PS - Venho por meio deste, esclarecer um alto teor de sarcasmo e ironia contido nesse e no post anterior. Essas palavras não expõem totalmente o meu ponto de vista em relação aos assuntos tratados.
Próximo, por favor!
"Quando será que eu vou ver outro crime grotesco no nosso país? Esse da Isabella já encheu o saco..."
Aposto que é isso que muita gente por aí tá pensando. Afinal estamos nos viciando em ver isso tipo de coisa. Já até falei sobre o assunto por aqui. Parece q as pessoas tem que se superar umas as outras em termos de violência, estupidez, brutalidade e frieza. Matar os pais? pfff... q ultrapassado! Esquartejar a namorada e guardar os pedaços na geladeira? Que coisa mais over. Parabenizo o pai de Isabella Nardonni que ("possivelmente", pois o inquerito até a presente data não foi concluido, dando a ele o benefício da dúvida) foi muito mais criativo na forma de nos chocar. Afinal quer algo mais inovador do q pegar sua filha de 5 anos e após perder o controle com ela, para parecer acidente e possivelmente livrar-se da culpa, joga-la pela janela do sexto andar do seu prédio????! Um verdadeiro gênio.
Pena que ele não pensou tanto na coerência da desculpa que daria a policia. Agora estamos assistindo detalhe por detalhe o caso se desenrolar. (Sinceramente, era muito mais a favor de saber tudo que realmente aconteceu no final e não em capítulos como está sendo.)
Pelo menos temos com o que nos ocupar, pra não estar pensando em CPI's, desrespeitos a população e outros assuntos anteriormente constantes em nossos noticiários. Além de claro, podermos exercitar nossas veias palpiteiras no papel de pseudos-juízes-delegados-promotores-investigadores. Ou vocês acham que não foi interessante julgar por exemplo a tentativa (desastrosa, diga-se de passagem) de limpeza da imagem do casal feita no Fantástico? Analisar se eles eram mesmo o casal frio e calculista que nós estamos pensando que são? Depois dali juro que senti vontade de buscar meu diploma de Psicologia.
Maaaas, eu já cansei de ver sobre esse caso. Assim como todo brasileiro sedento de sangue e violência, espero ansiosamente por um novo crime bárbaro pra poder seguir as etapas que estão se tornando comum a todos no Brasil: Chocar-se, Revoltar-se, Clamar por justiça, Voltar a passividade e torcer por um novo crime grotesco.
Bjos a todos e Aguardem novas instruções.
O primeiro dia da minha vida...
Aloha.
Qto tempo, né? Mas é pq os meus dias estão mais q virados de cabeça pra baixo. Tanta coisa acontecendo. Dois textos pedindo aos berros pra vir se expor aqui. Mas por enquanto eles ainda n vem... Daí q eu resolvi mandar esse texto q tb tava pedindo a séculos. Essa música eh da ex-spice Mel C. Desde qdo ela saiu do grupo e apareceu em carreira solo na MTV cantando "Never be the same again" q me chamou a atenção. Daí q dia desses baixei uma hits collection dela e além de Never be the same again veio essa q eu publico mais abaixo. A música me conquistou de cara pelo piano q tem na introdução (pra mim música com piano e violino já tem 80% de garantia de ser boa. Isso terminou elevando até "Água" da Sheila Melo como música interessante aos meus ouvidos.)
O título da música jah falava muito do momento atual q eu estou vivendo. Qdo eu parei pra ouvir a letra então...
Portanto, aí está O "primeiro dia da minha vida"

Então, eu encontrei um motivo para continuar vivo
Para tentar com mais insistência enxergar o outro lado,
Conversando comigo mesmo
Tantas noites mal dormidas
Tentando encontrar um significado para essa vida idiota
Eu não quero a sua compaixão
Às vezes eu não sei quem devo ser

Refrão:
Hey, para o que você procura
ninguém tem a resposta
Eles só querem mais
Hey, quem vai consertar essa situação?
Este podia ser o primeiro dia da minha vida

Então, eu encontrei um motivo para não me preocupar tanto
Para dizer a você que eu estou sorrindo
Mas ainda preciso crescer
Eu encontrarei salvação nos braços do amor?
O amor me impedirá de continuar à procura?
Ele será suficiente?

Eu não quero a sua Compaixão
Às vezes, não sei quem devo ser

A primeira vez para me sentir vivo de verdade
A primeira vez para me libertar das amarras
A primeira vez para me afastar da dor


Refrão:
Hey, para o que você procura
ninguém tem a resposta
Eles só querem mais
Hey, quem vai consertar essa situação?
Este podia ser o primeiro dia da sua vida
Hey, para o que você procura
ninguém tem a resposta
Eles só querem mais

Hey, quem irá acender a luz?
Este poderia ser o primeiro dia de minha vida

Bjos a todos e Aguardem novas instruções.

PS - E pra quem se interessou pela música, aqui está o clipe:
O clipe não tem nada a ver com a música... Mas é bacana tb.
Algumas palavrinhas sobre o evento de amanhã a noite... - RELOADED
Queria agora encontrar uma palavra pra descrever o evento de ontem a noite... Um dos momentos mais lindos, bacanas e emocionantes q já vivi. E olha que o casamento não era meu.
Algumas palavrinhas sobre o evento de amanhã a noite...
Faltando um dia pensei em você. No dia que te conheci. Dei um sorriso, afinal quem diria que aquela estranha q eu simpatizei de primeira e pensei q poderia ser uma pessoa legal pra dividir apê na vida q tava começado em Campina iria virar uma grande amiga, confidente, a pessoa que me faz rir até passar mal com pequenas bobagens...
Quando cheguei então de vez e a vi de novo como única e primeira pessoa na reviravolta q eu ia sofrer na minha vida, pensei: "Realmente ela é especial". Achei que você fosse lembrar de mim... Mas, vc não lembrou. Hoje em dia penso: "Não faz mal, pois de alguma maneira inexplicável seu nome já estava gravado no meu coração e na minha mente". Em uma semana já estávamos próximos, confiava em você, te admirava e dava graças a Deus por tê-la encontrado.
A cada dia fui descobrindo algumas minúncias da sua biografia. Você tinha (e tem) um amor de verdade, Uma familia um tanto... complexa, um trabalho onde, apesar de não parecer, brincando você irradia um talento que insiste em renegar. Amigos que, assim como eu, a amam e admiram, pelo simples fato de ser você.
E quando você fraquejou, deixei minha mãe no dia das mães, na minha casa, sozinha, pra te apoiar. Queria mostrar que você é tão importante, que eu gosto tanto de você, que faria qualquer absurdo pra não deixar você cair. Parecia maluquice? parecia. Mas foi a primeira forma que eu encontrei de retribuir tudo o que você foi, é e tinha sido esse tempo todo pra mim.
Vi nos seus olhos o brilho da felicidade no dia q me mostrou a alianças e me disse que estava noiva. Acreditei finalmente que aquele homem tinha ganhado na loteria por dois anos acumulada. Senti na alma a mesma alegria que eu acho que você sentiu, no dia que conheci o seu apê. O espaço onde você vai iniciar uma nova etapa da vida, selada amanhã. Lá, nessa visita, desejei mentalmente que fosse um lar abençoado e que trouxesse toda a felicidade que eu tenho e desejo do fundo do meu coração para você. Acompanhei de perto a dúvida sobre qual vestido usar. Onde realizar a cerimônia, o que fazer pra comemorar com os amigos, como foi feita as flores que decorarão a igreja e ao ver em alguns momentos tudo isso, eu chorei. Pra mim um choro surpreendente. Chorar de emoção e felicidade, como assim? Sempre achei isso frescura e agora olha o que eu estou fazendo???? Mas ao pensar bem o porque disso tudo, eu entendi. As lágrimas que eu sempre achei bobas nos outros escorreram dos meus olhos pelo simples fato de que a felicidade em ver você feliz já não cabia dentro do meu corpo, sobrou tanto que se materializou em liquido e chegou aqui fora, para que você pudesse ver.
E agora ao pensar no seu "casório" de amanhã, no evento do ano! De novo elas voltam. E eu sei q amanhã elas vão voltar lá pelas 18 horas. Mas vão voltar pelo simples fato de que a alegria que está sobrando em você, derramou sem querer em mim quando eu lhe abracei na quarta e quinta dessa fantástica semana. A felicidade, oportunista como ela só, se aproveitou desse momento pra nós tão corriqueiro e juntando-se a alegria que já vive em mim por conhecê-la, lotou meu corpo de uma certa forma, que agora ela precisa sair pra dar vazão a produção em massa desses dias. Amanhã a produção vai estar a todo vapor...
Outro dia me perguntei aqui: Como se diz eu te amo hoje em dia?
E agora respondo pra mim mesmo. Com gestos simples, sem muitos malabarismos, as vezes caladinho e sossegado. Da forma que você mostra a mim e a todos que a cercam todos os dias.
Felicidades, paz e saúde pra aproveitar bastante essa fase que está iniciando, minha querida Cassirághi. E muito, mas muito mesmo, obrigado por você ser... Você.
Beijos a todos e Aguardem novas instruções.

PS -Esse template faz parte de todo o "tributo" à Cássia e o seu casório.
[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL , Nordeste , NATAL , Homem , de 20 a 25 anos , Portuguese , Esperanto , Livros , Arte e cultura , tenho tb me dedicado à amizades.
MSN -

 
Visitante número: